• Brasil / Morretes / Paraná

    Estrada da Graciosa: saiba tudo sobre o caminho turístico

    Estrada da Graciosa

    Muitas pessoas que visitam Curitiba querer conhecer a Estrada da Graciosa. Mas, apesar de ser consideravelmente perto, esse ponto turístico começa na cidade de Quatro Barras e chega até Morretes e Antonina. Então, para você ficar por dentro de todas as informações, vamos te contar qual é a localização certa da Estrada da Graciosa, o que você pode fazer de bom por lá e quais são as comida típicas. Bora conhecer um pouquinho mais do Paraná?

    Onde fica a Estrada da Graciosa?

    A Estrada da Graciosa também é conhecida como Rodovia PR-410, mas essa informação é só a título de curiosidade, pois todo mundo conhece pelo nome popular mesmo. Como falamos anteriormente, o caminho liga a cidade de Quatro Barras as pequenas e lindas cidades de Morretes e Antonina. Também é possível descer para o litoral do Paraná, por essa estrada, mas isso é um assunto para um outro post.

    E não é à toa que a Estrada da Graciosa PR é uma das mais lindas, ela atravessa o trecho de Mata Atlântica mais preservado do Brasil. Por isso, uma parte do caminho foi declarada como Reserva da Biosfera da Mata Atlântica pela UNESCO.

    Serra da Graciosa PR

    O que tem para fazer na Estrada da Graciosa?

    Mas chega de falar sobre a história desse caminho, vamos falar sobre o que tem de bom para fazer na Estrada da Graciosa Morretes. Antes disso, dá uma olhadinha no vídeo abaixo para você conhecer mais sobre esse pedacinho paranaense.

    Portal da Estrada da Graciosa

    Esse é o primeiro ponto turístico, afinal, todo mundo que passa por ali quer garantir a sua foto no portal. Esse é o marco do início do trajeto. Mas, não precisa se apavorar pra garantir uma boa foto, é só passar pelo portal que logo em seguida, a direita, há um espaço para estacionar seu carro e voltar para fotografar.

    Portal Estrada da Graciosa

    Hortênsias pelo caminho

    As hortênsias são a marca da Estrada da Graciosa Paraná. Mas, como todas as flores, elas têm sua época de florir. Por aqui, elas estão ainda mais lindas durante a primavera e até metade do verão. Então, se puder, escolha uma data entre esse período para conhecer a estrada. E se puder optar por um dia de sol, o caminho fica ainda mais lindo.

    Hortênsias Estrada da Graciosa

    Recantos da Estrada da Graciosa

    Durante todo o caminho, você passará por seis recantos que nada mais são do que espaços com barraquinhas de comida e um lugar em que você pode ter uma vista privilegiada da natureza. Também é possível encontrar os produtos típicos da região como bala de banana e cachaça, mas a gente fala sobre as comidas e bebidas mais pra frente.

    Todos os recantos possuem um encanto a parte. Então, em qual deles devo parar? Em qual você encontrar um lugar para estacionar. Afinal, não dá só para mostrar o lado bom de tudo. Esses lugares são bem concorridos entre os turistas, então, também é preciso um pouquinho de sorte.

    Nos recantos também há algumas churrasqueiras, as famílias costumam passar o dia todo por ali, comendo, bebendo, brincando e descansando em redes. Não há nenhum sistema de reservas, por isso, se essa é a sua intenção, você precisa chegar cedo. Dependendo da época do ano, o calor também pode castigar bastante, então, hidrate-se bastante e use muito filtro solar.

    Vista da Serra do Paraná

    Esticando o passeio até Antonina e Morretes

    A Estrada da Graciosa não é tão longa, mas como é cheia de curvas e escorregadia quando chove, normalmente, leva-se 40 minutos para fazer o trajeto completo de carro. Então, sobra tempo para esticar o passeio até Morretes ou Antonina, ou para as duas cidades.

    Os dois municípios são pequenos e históricos. Não há muitos pontos turísticos para conhecer, mas é um programa gostoso para admirar as praças, tomar um sorvete e fazer um passeio diferente em casal ou em família. Mais para frente, vamos trazer mais posts com os pontos de destaque dessas duas cidades.

    O que comer na Estrada da Graciosa?

    A gente gosta de viajar tanto quanto gosta de comer, então, não podiam faltar algumas dicas gastronômicas. O que comer na Estrada da Graciosa? Você não pode sair de lá sem comer um pastel com caldo de cana (garapa). O nosso caldo preferido é com limão, que deixa a bebida um pouco menos doce, mas há quem tome puro ou com abacaxi. Você pode tomar e comer nas barraquinhas que ficam nos recantos ao decorrer da estrada. Mas vale levar um repelente, porque tem bastante mosquito.

    O que comer na Estrada da Graciosa

    Nos mesmos recantos não deixe de comprar bala de banana que é o maior símbolo da estrada e de Morretes. Além de chips de mandioca e banana que são vendidos em pacotes, e também, as cachaças locais.

    E não podemos esquecer do barreado. Ele não é um prato típico da estrada em si, mas do litoral paranaense e você encontra facilmente em Morretes e Antonina, normalmente, acompanhado de frutos do mar. O barreado é uma carne cozida em panela de barro até se desmanchar e ficar desfiada, ela é misturada com farinha de mandioca e servida com banana-da-terra fatiada.

    Dicas extras sobre a Estrada da Graciosa

    Como já falamos, a estrada é cheia de curvas, por isso, é importante que você tenha uma experiência na direção antes de encarar a Serra da Graciosa PR. Ela fica um pouco mais perigosa com chuva, mas é só manter a calma e saber que vai demorar um pouco mais para chegar ao seu destino. É que durante o caminho não tem nenhum lugar em que seja permitida a ultrapassagem, sendo assim, você depende do carro da frente, ele do outro e assim por diante.

    Algumas pessoas se sentem enjoadas devido a quantidade de curvas na estrada. No meu caso, adianta se eu for olhando o caminho, sem me distrair com celular ou outras coisas. Tomara que adiante para você também. E se precisar, faça uma parada nos recantos, tome uma água e respire um pouco.

    Também é possível fazer o passeio pela estrada de um jeito bem diferente, a bordo de um trem. Confesso que estamos em falta e ainda não fizemos esse programa, mas logo a gente faz e volta aqui para falar como foi. Enquanto isso, você pode dar uma olhada nas categorias e nos preços dos ingressos dos bilhetes e pacotes.

    Morretes Paraná


    Comentários
  • Veja também